Notícias

SAAE apresenta projeto de Esgotamento Sanitário para o distrito de Sacramento

O projeto foi apresentado junto ao CISAB, após solicitação do deputado federal Subtenente Gonzaga

MANHUAÇU (MG)-No ultimo dia 26/07, o SAAE esteve presente no distrito de Sacramento, para a apresentação do projeto de Esgotamento Sanitário, junto ao CISAB (Consórcio Intermunicipal de Saneamento Básico da Zona da Mata de Minas Gerais), após solicitação do deputado federal, Subtenente Gonzaga.

Estiveram presentes no encontro, a prefeita Cici Magalhães, o vice-prefeito, Renato César Von Rondow (Renato da Banca), o deputado federal, Subtenente Gonzaga, o diretor do SAAE, Luiz Carlos de Carvalho, os vereadores Juarez Elói, Vantuil Martins e Administrador Rodrigo dos Santos, o coordenador paroquial da comunidade, Vicente De Paula, o engenheiro do SAAE, Leonardo Cerqueira Hott, engenheiros do CISAB, João Paulo Oliveira e Anderson Galdino, além de moradores.

A fim de atender as reivindicações feitas pela população do distrito, no sentido de solucionar problemas relativos à rede de esgoto, o projeto foi requerido junto à prefeita Cici Magalhães, onde fosse elaborada uma proposta que pudesse servir como base durante a atuação do deputado em seu mandato.

O planejamento de esgotamento sanitário foi elaborado pelo CISAB, órgão que presta apoio aos serviços de saneamento básico, com o intuito de ser discutida a viabilidade de sua implementação.

Atualmente, em Sacramento, o esgoto é lançado diretamente ao córrego que passa pelo distrito, prejudicando moradores com o mau cheiro e deixando os mesmos expostos ao risco de doenças transmitidas pela água.

Conforme a apresentação dada pelos engenheiros responsáveis, o principal objetivo seria sanar a questão relacionada ao esgoto no local. Foi sugerida a construção de três interceptores, que são canalizações integrantes do sistema de esgotamento sanitário. Os mesmos têm a função de recolher o esgoto, conduzindo-o até uma estação de tratamento. Além disso, foi proposta a construção de uma ETE para o tratamento de esgoto e posterior lançamento no curso hídrico, atendendo as normas da legislação ambiental vigente.

A extensão da rede é de 2.251,68 metros e abrange todo o distrito, com cerca de 700 economias existentes, e aproximadamente 3.000 habitantes. Já para a ETE, foi feito um planejamento de uma estação do tipo compacta e modular, de forma que, na medida em que o distrito for aumentando, novos módulos de tratamento possam ser adquiridos.

O custo do empreendimento apresentado pelos engenheiros do CISAB chega em torno de 900.000 reais e abrange toda a mão de obra necessária, como o fornecimento de materiais para a construção dos interceptores, estação de tratamento de esgoto, cercamento e casa de apoio.

O deputado federal, Subtenente Gonzaga, que fez a indicação junto à prefeita Cici Magalhães, disse que o próximo passo após a apresentação, é indicar o projeto através de emenda parlamentar, para conseguir recursos, viabilizando a construção do que foi apresentado.

Segundo o diretor do SAAE, Luiz Carlos de Carvalho, a realização do empreendimento é de tamanha importância para o distrito. “Sempre tivemos esse problema em relação ao esgoto de Sacramento. A construção do sistema de esgotamento sanitário beneficiará tanto os moradores locais, quanto o município de Manhuaçu. Pois tratando o esgoto nos distritos inicialmente, o volume de resíduos será cada vez menor, melhorando a qualidade da água para a população. Além do mais, sabe-se que, a cada real investido em saneamento básico, estima-se uma economia de quatro reais na saúde”, explica Luiz.

Assessoria de Imprensa- SAAE Manhuaçu
 

© 2019 Manhuaçu . TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.